O vídeo dos 90 anos da Clarinha e 95 anos da Amélia Testa Ribeiro



A saudade bate quando amamos as pessoas. Há 10 anos elas estavam juntas aqui em Sorocaba. Irmãs e tias queridas, de meu pai Ernesto. Com a tia Helena formavam um quarteto de irmãs na cidade. As outras irmãs e irmãos moravam em outras cidades e todos já falecidos. Elas, Clarinha e Amélia e minha mãe Carmela eram como irmãs. A diferença de idade foi levando cada uma ao céu. Primeiro, minha mãe, depois a Amélia e neste ano, de 2020, a última tia, Clarinha, com 99 anos de idade. Agora em 19 de setembro iriamos celebrar os seus 100 anos.
Elas só nos deixaram lembranças lindas e exemplos de vida. Tia Henriqueta, Ana, Amália, Regina, Luiz, Batista, Ildebrando, Albina, Helena, Amélia e Clarinha, Itália, Angelina, Ernesto. Eram treze irmãos.
O coração de cada um deles tinha em comum a bondade e o amor à família. Hoje,distantes em gerações de filhos, netos e bisnetos, relembro os nomes para que cada descendente, ao ler, possam identificar como somos muitos por este Brasil afora. Itália era casada com Francisco Murci e teve 10 filhos. Batista Testa casado com Rita Trevisan, cinco filhos. Luiz Testa casado com Maria Boldrim, oito filhos. Albina Testa casada com Silvio Trevisan, 16 filhos. Amália Testa casada com Frederico Bachin, 4 filhos. Regina Testa casada com  Pedro Basso. Henriqueta Testa casada com João Zambom, com 10 filhos. Amélia Testa casada com Clovis Ribeiro, com um filho. Clarinha, que é Chiara Testa, casada com Antonio Gambaro, com cinco filhos, Angelina Testa casada com Eduardo Zampero, três filhos. Ana Testa casada com João Buriola, com dez filhos. Ernesto Testa casado com Carmela Macari, com cinco filhos. Helena Testa casada com Luiz Modolo, com dois filhos.

O vídeo foi na festa de aniversário celebrado para a tia Amélia e Clarinha que em setembro comemoravam aniversário. Então,nada mais alegre relembrar com elas, todos os irmãos nesta lembrança de uma década, quando filmei na chácara da família. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O sargento Cido partiu como um guerreiro da paz

Na véspera do Dia dos Pais, a despedida do amigo João Aguiar

Vá em paz, Bottesi !