Shalom, Salomão


 


Shalom, Salomão Pavlosvky 


19 de setembro de 2021. Uma dia marcante nas emoções e sentimentos de uma história de vida. A vida de Salomão Pavlovsky. Já escrevi vários artigos sobre esse amigo irmão de sempre. A energia entre amigos verdadeiros nunca tem apagão. A luz continua acessa eternamente. Salomão era essa luz incrível perante a sua convivência familiar, de trabalho, entre amigos, artistas, autoridades, atletas. Até Rainha, Reis e Imperadores. Com uma presença marcante de marido escreveu capítulos com a dona Meire durante décadas de felicidade. Suas filhas Tânia  e Cecília nasceram e cresceram com o DNA dos pais em amor fraterno e força de empreender. As filhas e a mãe foram inovadoras e jamais deixaram o tempo passar sem cumprir  a meta do memória do saudoso Salomão que partiu em um dia 19 de setembro. Às vésperas do começo da estação primavera e do dia da árvore. Como um jardim a sua estação inicial Vanguarda se transformou numa árvores com os seus frutos de um Sistema de Comunicação  na TV Sorocaba/SBT. Imagino hoje neste dia 19 o orgulho do patriarca Salomão apreciando a sede nova da TV no Alto da Boa Vista. É um cartão postal de Sorocaba. 

Deixei pra publicar no anoitecer deste domingo estas linhas dedicadas ao amigo que partiu no anoitecer. E como disse acima, ele que sempre foi luz, certamente estava iluminando o seu caminho ao lugar que estaremos reunidos algum dia. A luz que continua entre nós nas lembranças e saudades. 

Shalom, amigo! Shalom, paizão, shalom, vovô, shalom, marido da dona Meire. Paz eterna! 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Renata e Seide, duas perdas irreparáveis

Vá em paz, Bottesi !

Correios presta homenagem ao Zé Maria, “Lolé”