A família de Sônia Dini

 A vida do sorocabano Fernando Dini Neto, (Fô) é tão exemplar que a cada ano que passa da sua despedida entre nós, sempre será lembrada com carinho. Fernando Dini Neto passou o seu nome ao sobrinho Fernando Dini, também um morador do bairro do Além Ponte que se destaca no cenário político da cidade e região. A sua mãe, Sonia Dini, advogada, é amiga de infância. Quando ela ia trabalhar, confiava aos meus pais à segurança dos  filhos, onde eles ficavam na casa que eu morava na rua Santa Maria. Até hoje o Fernando Dini comenta comigo que “aquele barulhinho da panela de pressão continua a assoprar nos seus ouvidos”, desde quando era criança e via a minha mãe cozinhar. Os pássaros do meu pai nos viveiros, as plantas no quintal também são recordações que a Sônia e os seus quatro filhos e seis netos, entre eles, o médico Sandro Dini e o irmão Fernando Dini, trazem em suas vidas de adultos. O Sandro seguiu com mérito o caminho da medicina, trazendo à cidade a sua capacidade de cuidar da saúde da população. O Fernando Dini com a sua sabedoria adquirida de sua descendência da família de comerciantes na rua Nogueira Padilha e Péricles Pilar, que contribuiu para o desenvolvimento da Vila Hortência, agora se candidata como um dos representantes da cidade em busca da vaga à Câmara dos Deputados em Brasília.

 

Ao escrever este artigo esta semana, tive como inspiração a ação comunitária do Fernando em ajudar a comissão a qual participo da comunidade do jardim Saira, na busca da documentação municipal da construção da Igreja do Divino Espírito Santo. São pequenos exemplos de atitudes como essa que manifestam a atenção do cidadão que escolheu para si a missão de ser o representante da cidade. A mãe Sônia, com a sua irmã Heloisa Dini, a primeira mulher advogada a presidir a representação local da Ordem dos Advogados do Brasil, são integrantes do Centro Espiritual Céu Sagrado, que proporciona anualmente à população, uma apresentação de luzes e encanto durante o período de natalino. Segundo diz o site dessa casa de luz, amor, disciplina e caridade, ela recebe os seus membros a pratica da Doutrina do Santo Daime. Segundo os seus dirigentes da família Dini, “quem chega ao Céu Sagrado é recebido com muito amor e carinho. A força espiritual desta casa vem salvando vidas, restaurando família, libertando pessoas dos vícios físicos, emocionais e espirituais”.

 

Esta semana tive a satisfação de entregar uma edição do meu último livro “Amigos de Santa Filomena” ao Fernando Dini, na Câmara Municipal, onde ele destacou publicamente na TV Legislativa o trabalho que o Santuário de Santa Filomena realiza em prol dos seus devotos, que vem de todo o Brasil para conhecer esse santuário, o primeiro da América Latina dedicado à santa. Ele está localizado no jardim Abaeté, em Sorocaba.

 

Recentemente Sorocaba recebeu uma nona ponte interligando um importante ponto de circulação de veículos na Zona Norte. Com as homenagens do poder púbico, essa ponte recebeu o nome de “Viaduto Fernando Dini Neto”. Tal com a ponte que tem a função de ser um meio de ligação entre dois pontos de trafego, Fernando Dini, o Fô, também foi em vida uma ponte que ligava as pessoas no caminho do bem e do amor, motivo pelo qual fundou o Céu Sagrado. Um legado que transmitiu a toda família.

 

Nesta última quinta-feira, 22, Fernando Dini apresentou e foi aprovada em primeira discussão na Câmara Municipal de Sorocaba a lei de proteção contra maus tratos de animais. Essa iniciativa cria o conceito de Animais Comunitários. Fernando e sua filha são tutores de cães em casa e valorizam os animais domésticos em famílias.

 

Vanderlei Testa (artigovanderleitesta@gmail.com) Jornalista e Publicitário escreve no portal jornal Ipanema

 







Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Lucas Lolata vence desafio

Gilson Delgado atuou com foco no ser humano