Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2021

Mauri Pongito, o capitão do Prudentina venceu em Sorocaba

Imagem
O que eu vou escrever aqui do Mauri Pongitor estarei dizendo muito pouco desse incrível ser humano, cristão, pai de uma família exemplar. Mauri, atleta e jogador de futebol, técnico em automóveis, um anjo em vida. Nos anos 70 conheci a Maria Inês e Mauri. Foi em um Encontro de Casais. Eles irradiavam uma energia de amor e paz. No passar dos anos no Movimento das Equipes de Nossa Senhora criamos maior convivência em mais de 30 anos de partilha em retiros e grupos de setores.   . Já se passaram mais de 40 anos do primeiro encontro na São José do Cerrado e, em inúmeros eventos e convivência. A imagem viva do Mauri permanecerá para sempre em nossas lembranças da sua alegria em servir o próximo.   A sua despedida nesta semana foi acompanhada de orações das centenas de amigos que o casal conquistou por sua bondade. A alegria, entusiasmo, prontidão para estar a serviço do próximo, são três diferenciais da identidade cristã dos discípulos, como era o Mauri nos seus relacionamentos. Maria

A princesa Zélia e o príncipe José Martins

Imagem
   O amigo de sempre   Foto: José Martins   Uma história de amor conjugal com mais de 65 anos de cumplicidade. José Martins Mahon nasceu em Pernambuco. Com 12 anos de idade o jovem boiadeiro ajudava seu pai na fazenda de gado na cidade de Caruaru. Uma peste bovina acabou com a criação e com o negócio pecuário que sustentava a família. Essa reviravolta inesperada nas atividades dos Martins trouxe pai e filho para Botucatu. A nova vida de desafios do pernambucano José o levou a ser virar sozinho agora no Estado de São Paulo. Após o Serviço Militar começou a trabalhar em uma loja de tecidos em  Bauru. Foi lá que a princesa Zélia Pinheiro apareceria no destino amoroso do príncipe boiadeiro. Zélia era costureira. Cuidava do pai viúvo.  Em um baile Zélia foi apresentada por uma prima ao José. Dançaram duas músicas. Acabou ganhando a companhia até o ponto de ônibus na hora de voltar para casa. Pronto! A luz de um romance que viria pouco tempo depois com pedido de namoro ao pai da Zélia

Correios presta homenagem ao Zé Maria, “Lolé”

Imagem
Um dos nossos vizinhos da rua Santa Maria 111,no bairro Além Ponte era a dona Calisa. O José Maria Monteiro Martins, sempre chamado de “Lolé” pelos amigos, tinha um dom especial de elaborar artes com gravuras. Seja nas empresas onde trabalhou ou em iniciativas que tinha como colaborador junto a entidades filatélicas. Recordar do saudoso Lolé é reviver a sua família em muitos anos da minha infância e juventude. Na trajetória da vida Silvio Rosa Santos Martins, filho do Zé Maria, Lolé, mantém a história viva do pai. Um dos fatos que destaco é a homenagem dos Correios, em janeiro de 2021, com a “Série Grandes Nomes da Filatelia Brasileira”. Os selos com as imagens que ilustram esta edição do José Maria Monteiro Martins emocionam todos que o conheceram. Passa uma história na cabeça. O filho Silvio seguiu os passos do pai. É Filatelista temático, pesquisador da história de Sorocaba e do Brasil e fotógrafo profissional. Membro do Gabinete de Leitura Sorocabano e atuante nos meios socia

Iniciativa em prol da vida: câncer e família

Imagem
  Iniciativa em prol da vida: câncer e família   Foto: capa do livro dos sorocabanos, dra Rita de Cássia e José Osmir Fiorelli   Uma das vantagens de escrever artigos em minha página semanal na rede social e nos jornais é a rápida comunicação entre os leitores e os temas tratados. Um deles foi sobre o site www.cancerefamilia.com.br que é fruto de uma livro publicado com autoria da médica Rita de Cássia Maciel, psicooncologista do Instituto de Oncologia de Sorocaba-IOS e coautoria do engenheiro   e psicólogo José Osmir Fiorelli, que mantém tratamento há 8 anos de câncer. Segundo o médico Gilson Delgado, diretor do IOS, esta obra tem o apoio da clínica e é um grande auxílio para leigos, doentes e seus familiares. Os livros podem ser encontrados fisicamente à venda nas livrarias virtuais e   lidos através dos links do Blog e do site. O Câncer e Família- Mitos e Realidade atrai a atenção na chamada do site, para que os leitores interessados possam melhorar a qualidade de vida, a

O primeiro bebê de 2021

Imagem
  Ontem, dia 1º de janeiro, a imprensa noticiou o nome do bebê que nasceu na virada do ano nas principais cidades do Brasil. Esse fato é repetido todos os anos. Os pais e a criança, menino ou menina acaba ganhando destaque na história da humanidade como celebridade por um dia.   Com o passar do tempo, a criança cresce e ninguém mais se lembra da notícia. Neste dia 2 de janeiro de 2021 em primeiro sábado de começo de ano novo, pensei e refleti sobre uma passagem bíblica que li sobre Jesus bebê que nasceu segundo a tradição cristã no dia 25 de dezembro. Já se passaram 2020 anos e ele continua lembrado diariamente. O que aconteceu com Jesus,   todas as pessoas que acreditam e tem fé sabem discernir   esse fato.   No dia 30 de dezembro, li e ouvi no evangelho de Lucas; “o menino crescia e tornava-se forte, cheio de sabedoria; e a graça de Deus estava com ele”.   Nossos leitores desde artigo semanal no Jornal Ipanema podem indagar sobre essa afirmação, considerando- a comum e normal par