Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2020

O vídeo dos 90 anos da Clarinha e 95 anos da Amélia Testa Ribeiro

Imagem
A saudade bate quando amamos as pessoas. Há 10 anos elas estavam juntas aqui em Sorocaba. Irmãs e tias queridas, de meu pai Ernesto. Com a tia Helena formavam um quarteto de irmãs na cidade. As outras irmãs e irmãos moravam em outras cidades e todos já falecidos. Elas, Clarinha e Amélia e minha mãe Carmela eram como irmãs. A diferença de idade foi levando cada uma ao céu. Primeiro, minha mãe, depois a Amélia e neste ano, de 2020, a última tia, Clarinha, com 99 anos de idade. Agora em 19 de setembro iriamos celebrar os seus 100 anos.
Elas só nos deixaram lembranças lindas e exemplos de vida. Tia Henriqueta, Ana, Amália, Regina, Luiz, Batista, Ildebrando, Albina, Helena, Amélia e Clarinha, Itália, Angelina, Ernesto. Eram treze irmãos.
O coração de cada um deles tinha em comum a bondade e o amor à família. Hoje,distantes em gerações de filhos, netos e bisnetos, relembro os nomes para que cada descendente, ao ler, possam identificar como somos muitos por este Brasil afora. Itália era cas…

Quase 50 mil pessoas acessaram o Padre Flávio, Santa Casa e o mês vocacional

Imagem
Padre Flávio, Santa Casa e o mês vocacional
Todos os dias os noticiários da imprensa de Sorocaba transmitem os números do Coronavírus na cidade. Como uma tabela de dados numéricos, vemos vidas sendo ceifadas, como na última quinta feira (27), do advogado sorocabano Rui Elias Medeiros Junior e outras vidas, felizmente salvas. São muitas as mensagens publicadas na rede social.Uma delas, postada na quarta-feira (26) me fez escrever este artigo. A Lú Ferrari manifestou de coração o que pensa, sente na pele e na alma, sobre o trabalho da atual gestão da Santa Casa de Sorocaba. Vou publicar aqui: "Fiquem de olho nessa gestão, já é referência em humanização" “Faz um bom tempo que venho observando a gestão da Santa Casa de Sorocaba, colocaram um Padre para administrar a mesma. Um Padre que é antes de tudo, gente como a gente, que soube humanizar o atendimento, que valoriza a equipe médica e todos os funcionários. Sabe ser gestor com amor e foca na melhor qualidade de vida dos mais ne…

Sonia Cano

Imagem
Sonia Cano

A Sonia Cano nasceu em Itapetininga. Seus pais, Dulce Rios de Oliveira e Roque Ayres de Oliveira, a geraram em um momento de vida matrimonial abençoada pela fé cristã católica que a iluminou intensamente junto as graças de seu batismo.Filha única, o seu coração veio palpitar as emoções em Sorocaba, cidade escolhida para viver desde os seus seis anos de idade.Sua família com o Ubaldo foi gerada com muito amor, nascendo os quatro filhos. Hoje têm três, o Fernando, Luciana e Ana Silvia. Ela vive em alegria e sabedoria ao lado dos netos, Matheus, Rafael, Mariana e Daniela. E para completar, dois bisnetos: Miguel e Júlia. Minhas lembranças da Sonia Cano vem do bairro Além Ponte, onde, com o seu saudoso marido Ubaldo Cano Rodrigues construiu um relacionamento dos mais intensos. Ele era filho dos antigos donos de uma padaria Bom Jesus. Na minha infância eu saboreava os pães quentinhos que meus pais levavam para casa na Rua Santa Maria. Francisco Cano Guerreiro e dona Maria Antônia …

Vídeo exclusivo. Os passageiros do voo à Cruz Alta.

Imagem
Leia artigo de Vanderlei Testa no Jornal Cruzeiro do Sul do dia 18 de agosto de 2020. 
Link do YOU TUBE https://www.youtube.com/watch?v=ML7oVGOS-BU&t=139s


A última mensagem do Sergio Cury Maluf

Imagem
Antes da pandemia, as minhas manhãs de cada dia começavam às 7h no Mosteiro de São Bento, em Sorocaba.Dom Rocco ou dom Inácio celebravam a missa com uma espiritualidade marcante em palavras de fé e motivação para enfrentarmos os desafios de cada dia da vida. Havia um pequeno grupo de amigos que compartilhava essa frequência de segunda a sexta-feira. Entre eles, o Paulo Canineu, José Carlos Felamingo, Fábio Lemes dos Santos, Antonio de Genaro e o Sergio Cury Maluf. Todos os dias, O Sergio, eu e o Felamingo ficávamos em gostosa conversa após a missa na praça do largo de São Bento.
Com o COVID-19 paramos de frequentar o Mosteiro, pois as missas foram suspensas com a presença das pessoas e mesmo retornando há o isolamento social aos “quarentões”.Com alguns dos amigos continuamos em conversa diária pelo WhatsApp , como foi o caso do Sergio Maluf. Nossas mensagens eram de amigos que se conhecem há pelo menos 45 anos, numa sintonia de irmandade. Durante a pandemia, as palavras de nossa conver…

A Rua Artur Gomes foi um doce ao beija-flor

Imagem
A Rua Artur Gomes foi um doce ao beija-flor

Acredito que o melhor jeito de se inspirar a escrever um artigo sobre fábrica de doces é estar saboreando colheres de doce. No caso, um delicioso doce caseiro de abóbora que vi o preparo horas antes na cozinha de casa. Quem era consumidor de uma fábrica artesanal de doces que existia na Rua Dr. Artur Gomes vai se lembrar desta história. Quem não era, vai conhecer. Foi nos anos 60. A família de origem portuguesa do Manoel Teixeira Patrício comandava o negócio. Tinham vindo a Sorocaba para começar a produção do que mais gostavam de fazer desde os seus antepassados com os pastéis de Belém. Os Doces dos mais variados sabores da tradição de Portugal chegaria à terra de Baltazar Fernandes com as mãos dos confeiteiros. Eles criaram uma marca que até hoje, depois de 60 anos está na memória dos sorocabanos: Beija Flor. O pássaro que encanta os nossos jardins com o bater de suas asas delicadas em busca do pólen foi o escolhido pela família do seu Mano…

Orgulho de ser pai da Camila

Imagem

Na véspera do Dia dos Pais, a despedida do amigo João Aguiar

Imagem
Na véspera do Dia dos Pais, a despedida do amigo João Aguiar
Médico João Aguiar. O doutor João. Especialidade Oftalmologista. Cumpriu sua missão profissional ajudando as pessoas a enxergarem melhor. Contribuiu para a cura destes bens precisos chamados olhos. Sua paciência e bondade humana acolhiam em palavras e gestos os pacientes. Um verdadeiro doutor que cumpriu de verdade o seu juramento na formatura da Faculdade de Medicina.Pai maravilhoso. Quantas manifestações com sua amada esposa Idalina no casamento de décadas e décadas de amor. Como pai, o amigo João,me contou muitas vezes o que sentia pela família. Hoje, na véspera do Dia dos Pais ele decidiu partir para estar com o Pai de todos nós. Deve ter orado tanto o Pai Nosso em sua vida cristã que foi terminar a oração: “Santificado seja o seu Nome...” juntinho Dele no céu. Seu filho João Henrique Aguiar que se orgulha de levar o seu nome igual ao pai, escreveu uma homenagem neste dia 9 de agosto, transmitindo o sentimento que nasceu …

Madalenas, uma história de crocheteiras em família

Imagem
Madalenas, uma história de crocheteiras em família A Madalena, avó paterna da Carla e da Roberta era uma crocheteira com mãos abençoadas. Seus dedos manipulavam as agulhas com os fios tecendo ponto a ponto cada peça de crochê com a nobreza das cores da natureza.  Havia naqueles trabalhos artesanais da dona Madalena uma magia de beleza que tocava os olhos de quem contemplava.  Não eram peças produzidas em série ou por máquinas, mas, obras de arte assinadas com o coração que pulsava a cada inspiração da vó Madalena. E foi com essa tradição de família em gerações de bordadeiras, que a dona Sidneys e as filhas, Carla e Roberta, assumiram manter com a mesma fidelidade à produção artesanal das suas tapeçarias. Profissionais liberais e mães sensíveis em seus lares às três mulheres sempre se reuniam para conversar sobre os maravilhosos trabalhos de crochê da avó, a nona Madalena. Passavam horas relembrando os detalhes que faziam a diferença nessa tradição familiar. Entre uma xícara de café e ou…

Três adeus com a saudade eterna

Imagem
O adeus do Edy, Páscoa e Vicente

Impossível não dedicar algumas palavras a três pessoas queridas chamadas ao paraíso nesta semana. Na segunda-feira (27), tia Páscoa, na quarta-feira, o Edy e na quinta-feira, o Vicente. A primeira a ser chamada por Deus foi à tia Páscoa Macari Grisoto. Uma linda mulher de alma pura que me acompanhou desde o meu nascimento.Eu passava as férias em sua casa em Piracicaba. Junto dos meus primos, era o melhor presente na minha juventude.A tão bela presença amorosa e acolhedora da Páscoa ficou eternizada na lembrança. Os seus 96 anos de vida foram uma benção divina testemunharam os filhos e netos na sua despedida. Se eu pudesse colocar estrelinhas brilhando na sua partida até chegar ao céu, certamente teria feito. Eu a acompanharia com a luz brilhante que imanou do seu ser por ter sido tão fiel à Maria, Nossa Senhora.Páscoa, esposa, mãe, avó, tia, sogra, amada por todos, recebeu em vida o melhor presente de seus familiares, com todos eles sempre ao seu lado. …